Conferência Internacional “A SEGURANÇA DO GOLFO DA GUINÉ”

A segurança do Golfo da Guiné tornou-se uma prioridade estratégica para todos os Estados empenhados na segurança africana e na segurança atlântica. Os últimos anos revelaram uma intensificação crescente dos conflitos e das tensões regionais na África Ocidental, no Sahel e no Golfo da Guiné, que mobilizam as instituições de segurança africanas, europeias e transatlânticas. A multiplicação de conflitos internos prolongados, a extensão das redes terroristas e o aumento da pirataria exigem respostas concertadas para assegurar a estabilidade estratégica dos Estados regionais e conter novas linhas de fractura no continente africano. No mesmo sentido, as ameaças do terrorismo, da pirataria e do crime organizado reclamam novas parcerias para garantir a segurança dos Estados, das linhas de comunicação marítimas e das reservas energéticas do Golfo da Guiné. Os problemas do Golfo da Guiné têm uma relevância evidente para Portugal, como Estado europeu e atlântico, e para a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Desde logo, a segurança de Cabo Verde, de São Tomé e Príncipe e da Guiné-Bissau é inseparável do quadro regional de segurança da África Ocidental e do Golfo da Guiné. Por outro lado, Angola, quer pela sua posição como potência africana, quer pelos seus interesses como produtor de energia, é um parceiro empenhado na garantia da estabilidade estratégica do Golfo da Guiné. A prioridade africana na politica externa do Brasil, bem como as suas responsabilidades no Atlântico Sul, justificam uma maior intervenção na segurança marítima regional. Portugal tem interesses próprios na segurança do Golfo da Guiné e está empenhado, em conjunto com os seus aliados e os seus parceiros, em assegurar uma contribuição mais forte e robusta para enfrentar os problemas regionais. Nesse quadro, o Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa, em parceria com o Instituto Diplomático, organiza, sob o alto patrocínio de Sua Excelência o Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Dr. Rui Machete, no próximo dia 11 de julho de 2014, em Lisboa, uma conferência internacional sobre “A Segurança do Golfo da Guiné”. O objectivo desta conferência é promover o debate, intelectual, político e público, sobre os problemas de segurança da África Ocidental, em particular da região do Golfo da Guiné. Serão organizados quatro painéis que irão abordar os problemas de segurança, a dimensão energética e a importância do multilateralismo que congrega países e organizações com interesses relevantes nesta região. Para tanto, os trabalhos contam com a participação de altas entidades, de personalidades e de académicos europeus, africanos e americanos com uma experiência relevante para os temas em debate. Esta conferência será uma ocasião pertinente para uma melhor compreensão dos desenvolvimentos no Golfo da Guiné.

0 comentários :