Apoio da Fundação Gulbenkian ao restauro da correspondência de Francisco Mendes de Góis, agente da corte portuguesa em Paris no reinado de D. João V.


Em resultado do Concurso Gulbenkian – Recuperação, Tratamento e Organização de Acervos Documentais, a Associação de Amigos do Arquivo Historico e Instituto Diplomático vão receber apoio da Fundação Gulbenkian para a recuperação de alguns dos documentos mais antigos do Arquivo Histórico-Diplomático pertencentes aos séculos XVIII e XIX,.
O projecto, apresentado pela Associação dos Amigos do Arquivo Histórico-Diplomático em parceria com o Instituto Diplomático foi aprovado pela Fundação Gulbenkian, no âmbito do concurso de Recuperação, Tratamento e Organização de Acervos Documentais.
Os documentos que agora poderão ser restaurados são fontes únicas para não só para o estudo das encomendas artísticas de D. João V como também para a história da diplomacia portuguesa desse período. Do vasto espólio existente no Arquivo Histórico-Diplomático, destaca-se a correspondência de Francisco Mendes de Góis, agente da corte portuguesa em Paris no reinado de D. João V. Encarregado das encomendas régias, passaram por si algumas das encomendas mais importantes da época, nomeadamente aquelas que seriam integradas na Patriarcal, em Mafra e ainda a célebre encomenda de gravuras à Mariette ou a baixela Germain.

0 comentários :