Instituto Diplomático

Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Instituto Diplomático

Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Instituto Diplomático

Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Instituto Diplomático

Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Instituto Diplomático

Ministério dos Negócios Estrangeiros.

2º Seminário sobre "Welfare of Victims of Nazism and Article 25 of the EU Charter on Fundamental Rights"

Teve lugar no dia 13 de Outubro, no Parlamento Europeu, o 2º seminário sobre "Welfare of Victims of Nazism and Article 25 of the EU Charter on Fundamental Rights". Partilhar as melhores praticas dos governos e organizações da sociedade civil envolvidos nesta matéria, bem como assegurar o apoio da Comissão Europeia a esta causa foi o grande objectivo deste Seminário.
Organizado ESLI - European Shoah Legacy Institute, nomeadamente pelo Sr. Bastiaan Belder e Sra. Olga Sehnalová, membros do Parlamento Europeu, bem como pelo European Jewish Community Centre, participaram mais de 50 representantes do Parlamento Europeu, Comissão Europeia, enviados especial para as questões do holocausto, missões diplomáticas e organização da sociedade civil
Poderá aceder ao Comunicado de Imprensa emitido no final do Seminário com as conclusões do mesmo, bem como ao site da ISLI.


Depoimento do Presidente Honorário da IRHA, Professor Yehuda Bauer, acerca da crise dos refugiados:

"The current refugee crisis, which has led to a tremendous number of refugees arriving in Europe, will undoubtedly affect the work of IHRA.

IHRA deals with preserving the memory of the Holocaust as well as with its academic and educational impact for the current situation.

As the IHRA Working Group and Committee Chairs said in their statement of 9 September, the present refugee crisis is notably different from the persecution of the Jews and other victims before, during, and after the Holocaust. Historical analogies should be avoided; they are never useful, although there are some parallels between the treatment of refugees then and now. The world has to realize that failing to adequately address mass migration has, in the past, created the conditions for untold disaster. From the Holocaust, the world can understand, what happens when these problems are not internationally addressed.

Therefore, I join the IHRA Working Group and Committee Chairs in their call to the governments of IHRA member countries to cooperate and remain committed to the principles of the Stockholm Declaration of 2000, which include the fight against xenophobia. I also call on the wider political world to do everything in its power to act to alleviate the suffering of the victims and at the same time to seek a sustainable and coordinated international solution to the crises which have led so many refugees to seek asylum in Europe."


Professor Yehuda Bauer
IHRA Honorary Chairman
17 September 2015

“Prémio Raoul Wallenberg


O “Prémio Raoul Wallenberg” do Conselho da Europa foi instituído conjuntamente, em Outubro de 2012, pelo Conselho da Europa, pelo governo sueco e pelo parlamento húngaro, em memória do diplomata sueco Raoul Wallenberg, pelos seus extraordinários feitos humanitários em prol da Comunidade Judaica em Budapeste nos anos de 1944-1945, com o objetivo de recompensar todos aqueles que trabalham na promoção e defesa dos direitos humanos e que fazem trabalho humanitário.
Estão abertas as candidaturas para o Prémio Raoul Wallemberg, até 30 de Setembro de 2015, que podem ser apresentadas por um único indivíduo, um grupo de indivíduos ou de uma organização.
Para a formalização das candidaturas deverá ser utilizado o Formulário Electrónico e encaminhado para o email: wallenberg.prize@coe.int
A atribuição deste Prémio tem por base o Regulamento, que poderá consultar em inglês ou francês

Para mais informações poderá aceder ao website: http://www.eurocid.pt/pls/wsd/wsdwcot0.detalhe?p_cot_id=7885&p_est_id=15661

Curso de Verão da FCSH da UNL – Edição Política e o 25 de Abril (Revolução dos Cravos)


O Instituto Diplomático informa que de 7 a 12 de Setembro próximo, vai decorrer na Escola de Verão da Universidade Nova de Lisboa o Curso sobre “A Edição Política na Transição da Ditadura em Portugal, 1968-76”, que tem por objectivo tratar as relações entre a edição de livros e a oposição ao salazarismo, bem como das transformações políticas em Portugal desde o final dos anos 1060 até, e durante, a Revolução do Cravos. Este curso será ministrado pelo Professor Flamarion Maués Pelúcio Silva.


Para mais informações sobre o curso, consulte o Programa

Indisponibilidade de Documentação

O Arquivo Diplomático informa de que, por necessidade urgente de obras, parte da documentação que nele se encontra vai estar indisponível nos próximos 9 meses. 
Pedimos desculpa pelo incómodo e solicitamos que previamente contacte a Divisão de Arquivo e Biblioteca (dab@mne.pt) se pretender consultar esta documentação.


Unavailable Documentation

The Diplomatic Archive informs that, due to urgent maintenance works in its premises, part of the documentation it hold will be unavailable for the next 9 months. We apologize for any inconvenience and suggest that you contact us in advance of any research you may want to undertake with regard to this documentation during this period.    

Memórias da Revolução: um projecto do Instituto de História Contemporânea.


Dias da Memórias da Revolução

O Quartel do Carmo é o palco dos “Dias da Memória da Revolução”. A iniciativa, que decorre entre os próximos dias 24 e 26 de Abril, pretende recolher testemunhos, histórias, memórias e objectos de quem viveu e participou na guerra colonial e no processo revolucionário português.

Horário:
6º feira, dia 24: 10h00 às 18h00
Sábado, dia 25: 10h00 às 20h00
Domingo, dia 26: 10h00 às 18h00

Faça História partilhando a sua
Tem recordações e memórias do PREC?

Quer partilhar a história de um familiar ou conhecido que participou em algum dos acontecimentos que marcaram o ano de 1975?


Conte-nos as histórias e partilhe as memórias de quem participou na construção de um país livre, justo e democrático, mas também dos que resistiram às mudanças e se bateram por projectos diferentes.

A Judaica-Mostra de Cinema e Cultura

A Judaica-Mostra de Cinema e Cultura está de volta ao Cinema São Jorge de 4 a 8 de Março, nesta que é a sua 3ª edição.

Como já vem sendo hábito, com um leque alargado de escolhas, entre filmes em estreia absoluta, recentes e fora do circuito comercial. Ficção, assim como documentários e curta-metragens de vários países e também duas sessões dedicadas a escolas. 

Para além de cinema, conta ainda com as nossas sessões especiais que, este ano, abrangem temas tão díspares como literatura e culinária.

Contando com parceria com a Leya e os livros não faltarão no foyer do São Jorge. 

O “Purim” não será esquecido, havendo uma pequena celebração desta alegre festa, acompanhada de iguarias típicas da gastronomia judaica.

Este ano com a extensão da Judaica, pela primeira vez, para Belmonte em parceria com a Câmara Municipal de Belmonte e EMPDS - Empresa Municipal de Promoção de Desenvolvimento Social de Belmonte, onde a Mostra decorrerá de 7 a 10 de Maio. Durante estes 4 dias com um programa variado e apelativo que, deverá ser acolhido por um público alargado, vindo de toda a região.